AVISO

Dia 1 de Setembro, o Senhor Palomar muda-se de livros e bagagens para http://senhorpalomar.com/

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Be loved, de Toni Morrison (Publicações Dom Quixote), por Eduardo Pitta

«Há três anos, um inquérito a escritores, críticos e editores, patrocinado pelo New York Times, com enfoque em obras de Philip Roth, Cormac McCarthy, John Updike, Don DeLillo, Thomas Pynchon, etc., deu o primeiro lugar a Beloved (1987), de Toni Morrison, considerando-o o melhor romance dos últimos 25 anos. A decisão, muito controversa, não impediu Beloved de continuar a ser citado nos primeiros lugares de todas as listas que se fizeram dos dois lados do Atlântico. Morrison, nascida em 1931, professora na Universidade de Princeton, recebeu todos os prémios que há para receber, incluindo (em 1993) o Nobel da Literatura. Foi a primeira escritora negra a conseguir a proeza. Quando comparada com Virginia Woolf, ficou famosa a resposta que deu: «Prefiro identificar-me como uma escritora mulher e negra mesmo.» Na ocasião aproveitou para lembrar que à outra (a Virginia) ninguém suscitaria questões de género.» Ler na íntegra aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário